Pauta entregue, vamos à luta!



Pauta entregue, vamos à luta!

A  pauta de reivindicações dos eletricitários foi entregue ao presidente da Cemig, Bernardo Salomão.

                                                                                                                                                         

Na manhã desta segunda-feira, dia 09, o Sindieletro entregou diretamente nas mãos do presidente da Cemig, Bernardo Salomão, a pauta de reivindicações da categoria eletricitária para a renovação do ACT 2017/2018. A entrega da pauta foi acompanhada por mobilizações dos trabalhadores em todo o Estado, por um Acordo Coletivo de Trabalho justo e digno.

Na reunião de entrega da pauta, o coordenador geral do Sindieletro, Jefferson Silva, cobrou do presidente da Cemig, Bernardo Salomão, um  outro modelo de negociações. O Sindicato quer a garantia de autonomia do Comitê de Negociações para discutir e decidir sobre as reivindicações dos trabalhadores.

A direção sindical também cobrou que a empresa não demita trabalhadores e garanta os direitos trabalhistas e do ACT. Bernardo Salomão disse que a intenção da Cemig não é demitir, é contratar mais pessoal. Ainda: a estatal não vai retirar direitos da categoria eletricitária.

Segundo Jefferson Silva, a Campanha Salarial dos eletricitários ocorre em um cenário de Reforma Trabalhista e venda das usinas. Os desafios serão muitos, e a luta desta vez terá que ser muito mais intensa, com mais união e fortalecimento dos trabalhadores.  

Mobilização nos locais de trabalho

No interior, os eletricitários foram para as portarias da empresa, com manifestações a favor da pauta de reivindicações e de negociações democráticas e transparentes, por nenhum direito a menos!

 Na Sede da Cemig houve concentração de trabalhadores a partir das 11 horas, com direito a animações de “palhaçaria”. O eletricitário aposentado e diretor do Sindieletro, Marcelo Borges, e  o diretor artístico, ator, produtor cultural e filósofo,  Cícero Silva, garantiram as performances, interagindo com os trabalhadores com atividades lúdicas. 

Cícero coordena a Oficina Extensiva de Palhaçaria – O Palhaço como Forma de Existência, realizada na sede do Sindieletro de quinze em quinze dias.

Todos juntos. A luta é que fará a diferença para vencermos os desafios!