Solidariedade em tempos de egoísmo

13 de Setembro de 2017 às 12:40

Andar pelas ruas e calçadas esburacadas de Belo Horizonte é um desafio para as pessoas sem problemas de locomoção, imagine para quem tem mobilidade reduzida ou que necessite de cadeiras de rodas. Ainda mais se esse equipamento indispensável não estiver em bom estado de conservação.

Essa é a batalha diária do trabalhador da empreiteira Serta, Sérgio Campos, que presta serviços no correio na sede da Cemig enfrenta há mais de um ano. Paraplégico, Sérgio mora em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte e pega seis ônibus para ir e voltar para o trabalho. Para ele, a cadeira de rodas é imprescindível.

Foi nesse espírito de solidariedade, que o Sindieletro, através do diretor Moisés Acorrone, circulou um abaixo assinado entre a categoria e trabalhadores terceirizados e conseguiu arrecadar R$ S1900 Reais para a troca das rodas da cadeira de rodas do trabalhador.

Emocionado com a iniciativa dos eletricitários, Sergio Campos agradece a todos que contribuíram para tornar a sua vida mais fácil, “Eu não teria condições financeiras para comprar uma cadeira de qualidade. Quem usa cadeira de rodas tem que ter confiança no equipamento, por isso, fiquei muito feliz com essa demonstração de solidariedade e de companheirismo dos trabalhadores da Cemig”, agradece.

 

Rua Mucuri, 271 , Bairro Floresta, Belo Horizonte MG, CEP: 30.150.190
31 3238-5000